Follow by Email

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

EM DEFESA DO AMOR



" Não sabia qual era minha causa 
ou que bandeira levantar, 
então conclui que minha causa é o amor 
não importa qual
não importa como...
...Defendo os amores puros, os comportados,
os diferentes, os ousados.
Amor próprio, amor ao próximo, 
amor menino, amor bandido,


amor humano, amor sofrido
amor que parece abundante
mas na real está escasso. 

Defendo a arte de amar e ser amado
mesmo com todos os sofrimentos
prescrições e preconceitos.

Afinal
o amor não é só isso
ele é tudo numa coisa só
com milhares de significados
e ao mesmo tempo sem sentido algum.


 Justifico o amor
porque ele justifica todas as outras coisas...

... Lembre-se
somos um guerreiro da luz...
deus abençoe os amigos e misericórdia do resto..."



 ( torpedo enviado pela minha amiga Cassiane num momento de reflexão )


Nenhum comentário:

Postar um comentário